domingo, 3 de outubro de 2010

Que seja feita á vontade de meu Pai...Pois estou nos braços dele!!


Aprendi nessas ultimas semanas que não devemos desperdiçar nenhum momento, pois aquele momento é único e ele nunca mais poderá ser vivido da mesma forma novamente...
Agradeci a Papai na noite passada, pelo mês que passou e pelas coisas que foram "resolvidas.”
Quantas vezes e há quanto tempo eu havia pedido tudo isso, e agora aconteceu!
Então devo sim, agradecer e mais agradecer, muito!
Sei que muito ainda esta por vir, e eu espero ansiosa pelo mais importante e sei que Papai está me preparando pra isso... Devagar, com calma, para que eu seja completa e completamente feliz .
Não posso e não vou meter os pés pelas mãos, esperarei o tempo de Papai... Até porque o dele é diferente do meu.
Estou me sentindo limpa... Feliz...E a faculdade se Papai quiser, vou retornar ano que vem. Pq como eu sempre digo;
"Que seja sempre feita á vontade dele nunca a minha."
Minha gastrite e minha alimentação está melhorando... E eu não quero mais magoar ninguém, e nem magoar á mim mesma, quero calma, paz e felicidade pra minha vida...
Não quero uma roda-viva, não quero nadar e morrer na praia sabe!?
Não quero situações que se repitam. Quero viver meu presente.
Tentei consertar o que tinha pra consertar e acho que de certa forma, consegui...Mas as coisas tomaram outro rumo e seguiram caminhos que serão difíceis de voltarem para outros lugares. Por isso acho difícil que algo mude, muito embora, ter chegado até aqui tenha valido muito a pena.
Acho que fiquei e estou mais madura. Só posso agradecer porque tudo está correndo bem, e este mês foi tranquilo e especial.
Não é todo mundo que tem a oportunidade de relembrar o passado de uma maneira tão limpa e ser tão bem recebida como fui...
Agora o tempo se encarregará.
A vida tomou novos caminhos, é verdade...E o primeiro passo foi dado. Está dado!
E agora, o TEMPO o DESTINO e PAPAI juntos, agirão como puderem para me ajudarem! ♥


By San.



"Quantas vezes nós pensamos em desistir, deixar de lado, o ideal e os sonhos;
Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercados de pessoas;
Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com a sensação de derrota;
Quantas vezes aquela lágrima, teima em cair, justamente na hora que precisamos parecer fortes;
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz; E a resposta vem, seja lá como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor; E a gente insiste, Insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, em estar, em ser;
E Deus insiste em nos abençoar, Em nos mostrar o caminho: Aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito.
E a gente insiste em seguir, por que tem uma missão... SER FELIZ !!!!"

(Fênix Faustine)