terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Natureza em mim...

Debaixo da chuva boa ela rodopiou, cabelo solto, pés descalças, pelo gramado.
Olhos fechados, braços abertos, coração cheio, sorriso revigorante, cabeça e palma das mãos, viradas para o céu. Ela era grata. 
Grata pelo amor que a invadia naquele momento.
Agradeceu. Sorrio. Deixou os pingos rolaram, um a um, da chuva e dos olhos, roupa e corpo a baixo, até a terra úmida.
Naquele momento a chuva lavou o corpo e a Alma, levando energias ruins e trazendo as boas.
E mais uma vez ela estava pronta...
E floresceu. <3 span="">
(San)







DIÁRIO DE UMA EXTRATERRESTRE...


Quando eu era pequena, adorava olhar para as estrelas!
Eu sentia saudades de algo que eu não sabia o que era, me sentia diferente das pessoas!
Na escola eu queria abraçar a todos, pois eu sentia um amor grande dentro de mim!
E eu tive que mudar, na verdade me adaptar, porque as pessoas confundiam, e muitas vezes fui empurrada pelos meus coleguinhas pelo meu excesso de amor!
Nada fazia muito sentido pra mim, a forma como as pessoas criavam seus problemas, aquilo que era pregado nas igrejas, a forma como as pessoas se tratavam, o egoísmo, a raiva, a agressão física e verbal! Nada daquilo eu conhecia e comecei a me fechar. Não entendia porque eu era tão diferente! 
Os anos se passaram e fui me tornando mais forte, mais guardava para mim aquele excesso de amor contido! E doía muito! 
Comecei a frequentar o centro espírita, porque era a única religião que fazia algum sentido! 
E também porque somos ensinados que precisamos seguir alguma religião. Depois de algum tempo estudando o espiritismo, meu corpo começou a trepidar! Na verdade comecei a ter a percepção sobre as energias que entravam e saíam do meu corpo! E não era sutil! 
A sensação era estar com o dedo ligado na tomada! 
Ninguém conseguia me explicar o que era, e tive que fazer minhas próprias pesquisas. Até que cheguei aos textos que falavam sobre índigos, seres extraterrestres encarnados na terra, transição planetária, ascensão e eu quase tive um surto de felicidade por encontrar finalmente algo que fazia sentido! Eu chorava quando li o livro Adultos ÍNDIGOS da Ingrid Catete! 
Finalmente eu estava entendendo quem eu era e o meu papel no planeta! 
Um dia quando eu meditava, veio um ser no meu ouvido e falou: Vamos voltar para ÓRION? E eu nunca havia ouvido falar em ÓRION! 
Com muita dedicação e estudo descobri que sou um ser das estrelas em missão na terra! 
Minha vida é dedicada a transição do planeta para 5 dimensão e a ascensão dos seres humanos. Eu aprendi o quanto é importante as pessoas começarem a se lembrarem de suas origens! 
Todos são seres estelares! Ninguém pertence a esse planeta! 
A terra foi criada para a alma ter uma experiencia na dualidade, para sua evolução e todos vamos voltar para casa um dia! 
Hoje eu sei que todo amor que eu sinto vem da fonte a que chamamos de Deus! 
Eu sou muito amada pela família a qual eu verdadeiramente pertenço, minha família cósmica! 
E isso me trás toda a força que preciso para continuar a ser o amor que quero ver nesse lindo planeta! 
Eu sou amor! 
Eu sou a luz! 
Eu sou Deus! 
E isso todos vocês são! 

EU VEJO VOCÊ MEU AMOR DAS ESTRELAS.... E ISSO FAZ VIBRAR MEU CORAÇÃO!!!
AGORA EU VIVO ATRAVÉS DE VOCÊ E VOCÊ ATRAVÉS DE MIM, ENCANTADOR!
MEU AMOR ENCANTADOR! *-* s2 

-- By San --