quinta-feira, 21 de julho de 2011

Quando eu tento escrever meu silêncio, me faltam palavras.


É assim, nem sempre estamos com vontade de falar. Como eu, agora.
É nessas horas em que a escrita nos salva.
Vamos deixando a tinta correr pelo papel ou o dedo a deslizar no teclado do computador e fica ali o que era silêncio.
Na verdade o que queremos é que o papel ou as letras ou seja lá o que for, aspirem ou resguardem o que era silêncio.
Quando não quero ou não consigo falar, escrevo.
Mas sabe, nem sempre tenho palavras...
E acho que hoje eu estou assim... Um pouco vazia, sem muitas palavras.
Acho que vim só pq hoje é meu aniversário, queria postar meus sonhos...
Quem sabe, doces palavras, mas me sinto triste...com um sentimento de perda sabe... De abandono, solidão sei lá!
Sinto falta de uma coisa que não sei o que é, como se faltasse algo ou alguma coisa que eu criei e agora não acho mais, como se não existisse mais...
Engraçado como criamos tudo né?? Na realidade ou na ilusão!
ahhh...sei lá, acho que vou sair, descer a serra pra encontrar com o mar, pensar...
Quem sabe lá, eu consiga entender melhor o que se passa aqui dentro, e consigo novamente me reencontrar!

É isso...

Quando meus olhos se fecham, o vazio bate à porta do meu coração.



5 comentários:

  1. Olá.Gostei muito do seu blog. Quando tiver um tempinho passa no meu http://rebellionlie.blogspot.com/
    vlw.

    ResponderExcluir
  2. AMADA IRMA EU TE AMO FORÇA SEMPRE, SE PRECISAR ESTAREI AQUI

    ResponderExcluir
  3. Passeando por aqui......adorei o teu espaço.
    Seguindooooo
    Beijinhos

    http://anabella436.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Quem lê viaja, quem escreve se encontra, quão bela é a mágica de escrever que consegue traduzir o que não consiguimos expressar em palavras, adorei seu post.

    ResponderExcluir