terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

A vida....


A vida nos ensina, com milhões de tombos diários, que se encolher diante da dor e do medo não nos salva. É preciso alongar a coragem e deixar o peito aberto, nada é mais forte do que a nossa fé de que as coisas podem dar certo. É importante acreditar que existe mais amor do que ódio e inveja. Sem isso, a vida seria insuportável e nossas inquietudes transformariam a convivência em uma verdadeira guerra.
É saudável ter esperança em meio ao caos ou mesmo que ela pareça não ter sentido algum.
É necessário crer em algum Deus ou em alguma outra coisa.
A sensação que uma força maior nos guia faz a dor parecer pequena em vários momentos.
E é essencial respeitar as escolhas - as nossas, as dos outros e as do tempo.
O que escolhemos deve ser aceito integralmente em nosso íntimo, para que o arrependimento não se instale e nos destrua.
O que o outro escolhe deve ser respeitado, ainda que fiquemos de fora, por que simplesmente não nos pertence.
E o que o tempo escolhe manter ou transmutar é apenas para cuidar da nossa vida, limpá-la reduzindo a sujeira causada pelo desgaste e evitar os entulhos que atrapalham a caminhada.


 Amo uma frase da Elis Regina que diz: “só vai tomar champagne comigo quem comeu grama comigo”. É isso. Não sou fã de quem está comigo só na hora dos aplausos...





By San


Nenhum comentário:

Postar um comentário