segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Surpresas da Vida...


Uma das expressões que não me canso de repetir é que “a vida é uma caixinha de surpresas” e quantas vezes na nossa vida, esta expressão faz tanto sentido! E então quando nos surge uma daquelas surpresas pela frente e nos toca de forma mais intensa...



A vida é, sem qualquer dúvida, feita de surpresas, ou de um encadeado de surpresas: umas boas, outras más, umas grandes, outras pequenas, de diversas formas e tamanhos, de diferentes sabores e intensidades, umas como resultado de opções que nós próprios tomamos, outras são completamente imprevisíveis.



As Surpresas da Vida são um encadeado de acontecimentos que não estão planejados e que não conseguimos prever, são acontecimentos inesperados e para os quais temos de saber reagir da melhor forma para que tanto esses acontecimentos como os seus efeitos nos causem o menor dano possível em cada momento. Aliás cada momento da vida é também ele uma pequena surpresa porque não sabemos ao certo o que ele nos reserva até o vivermos. Por isso vivemos momentos únicos e, por vezes, completamente imprevisíveis.



Quando nos visitam aquelas surpresas menos boas, facilmente ficamos desalentados, o nosso sorriso desaparece. À nossa volta tudo parece bem mais cinzentão e enfadonho, temos aquela sensação de impotência perante os efeitos dessas surpresas e sentimo-nos tristes. Nestas alturas temos que ser capazes de acreditar que o nosso sorriso não nos abandonou mas apenas hibernou durante um tempito e que irá regressar com uma pequena surpresa agradável para contrariar o desânimo e a tristeza. É nestes momentos que temos que encontrar forças para reagir e renovar o estado de espírito, que temos que estar atentos às surpresas que vão fazer inverter o ciclo negativo e para isso temos também que estar receptivos a ser surpreendidos de forma positiva, bastando para isso ter bem sintonizada a frequência do Otimismo.



Mas quando a surpresa é agradável, então o nosso sorriso desponta, os olhos brilham, o ânimo regressa e instala-se confortavelmente na nossa vida. Parece que o mundo à nossa volta é bem mais colorido! Nessas alturas temos que saber retirar das surpresas tudo aquilo que elas nos trazem de bom. Temos que desfrutar da alegria, temos que partilhar o nosso sorriso com quem nos rodeia, em especial com as pessoas que nos acompanham na vida e nos tocam de forma especial. Temos forçosamente que contagiar os outros com o nosso estado de espírito, geralmente de bem-estar e felicidade interior.



A vida vai continuar a ser uma caixinha de surpresas, e uma após outras, as surpresas vão fazer com que a monotonia não se instale e fazer com que seja divertido e emocionante ir descobrindo o que essa mesma “caixinha” nos vai reservando ao longo da vida.

O importante é não deixar a tal caixinha fechada, mas sempre entreaberta...

O importante é não deixar nenhum “embrulho” fechado...



A vida está cheia de surpresas e de momentos inesquecíveis... Vamos vive-los... =)


By San

"Quando o meu amigo está infeliz, vou ao seu encontro...
Quando está feliz, espero por ele."


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário