quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Era uma vez...

Era uma vez uma menina cujo coração batia mais rápido que o das outras pessoas.
Isso incomodava toda a gente.
Por causa do barulho.
O coração batia tão alto!...
Ela tentava explicar:
É um coração de pássaro... Eu estou no corpo errado!... Daí o coração bater tão rápido... 
Eu sou um pássaro...
(...)
Pouco a pouco as pessoas foram-se habituando ao barulho do coração…
Acabaram mesmo por esquecê-la, afinal, não adiantava reclamar ela era intensa.
Também ela se habituava.
Começou mesmo a gostar do seu corpo
E sentia-se cada vez mais leve
Ninguém reparou como sorria, de olhos postos no céu como se sentisse saudade de algo... talvez de casa.
 (Uma coisa era certa, ela não era daqui.)
(Regina Pessoa)
By San


Nenhum comentário:

Postar um comentário