terça-feira, 15 de maio de 2012

Alice...

Alice morreu. Ela descobriu que suas maravilhas nunca foram reais. Que as flores do seu jardim haviam um dia florido artificialmente apenas para que assim fosse e se mantivesse, como de costume. Que a toca do que diziam ser um coelho, na verdade era um urso faminto, e que as maravilhas que ele lhe ofertara eram ilusões, irreais e fantasiosas. Alice, então, percebe que os vestidos já não combinam com ela, que o cabelo pode mudar e que mais bela ficaria se aos pés levasse um salto. O coelho? Ela seguiu sem ele, não magoada, afinal ele á levou ao impossível, ao inexistente, fez com que sonhasse, e nela despertou tudo que lhe fez bem, porem, ele é apenas um coelho e jamais lhe poderia tornar real tudo que fora visto e desejado por ela ... Ela se tornara outra. Foi então que ela percebeu quem era Alice. Percebeu que a única maravilha que realmente existia, era ela própria. =D (San)

2 comentários: